Sobre o DISC

A teoria DISC se baseia nos estudos do psicólogo Dr. William Marston. Desde a sua criação em Harvard na década de 1920, a teoria DISC já foi adaptada a uma miríade de diferentes avaliações de personalidade adequadas a diferentes propósitos. A versão contemporânea agora utilizada foi modificada e simplificada para aumentar a precisão e produzir resultados mais concisos.

As quatro características são as seguintes: DominânciaInfluênciaEstabilidade Conformidade.

O que o teste DISC mede?

A avaliação de personalidade DISC baseia-se na teoria do comportamento humano observável de Marston. Essa teoria determinou que existem 4 categorias primárias, ou quadrantes, de personalidade. Cada pessoa possui alguma quantidade de cada característica, mas terá certos traços, ou categorias, que são predominantes. Cada indivíduo é único, e a combinação de cada um dos quatro traços será única para eles. O teste DISC mede a prevalência de cada característica em um indivíduo.

O Ambiente de Teste DISC:

O que você deve ter em mente enquanto faz o seu teste de DISC?

O teste de DISC lhe fará responder a perguntas sobre você mesmo, selecionando qual frase soa mais como você, e qual afirmação soa menos como você.

Os resultados do seu teste DISC serão baseados em suas respostas a perguntas sobre sua personalidade e comportamento. A avaliação determinará seu tipo de personalidade analisando suas respostas. No entanto, sua personalidade e comportamento serão diferentes dependendo da situação em que você se encontra. Quando você está saindo com seus amigos em um sábado, você pode ser extrovertido, entusiasta e carismático. Mas quando você está no trabalho, você pode se sentir mais decidido, controlador e argumentativo. Esses são tipos autênticos de personalidade e aspectos de sua personalidade. Se você fizer o teste tendo em mente o seu comportamento com amigos próximos no fim de semana você terá resultados diferentes do que se fizer o teste tendo em mente o seu comportamento durante uma reunião de trabalho.

Enquanto estiver fazendo seu teste, você deve tentar manter em mente o seu pensamento e comportamento no cenário para o qual está fazendo o teste DISC. Se você estiver fazendo o teste de DISC para fins de contratação, tente ter em mente o seu pensamento e comportamento em um cenário de trabalho. Se você está fazendo o teste como parte de aconselhamento conjugal, tente responder honestamente com base em seu pensamento e comportamento com seu cônjuge.

Não há respostas erradas, nem há tipos de personalidade melhores ou piores do que outros. Eles são apenas diferentes.

MAS a coisa mais importante a ter em mente enquanto você está fazendo o teste é o cenário para o qual você estará usando esta informação. Se você está fazendo o teste para o trabalho, responda às perguntas baseadas em como você age no trabalho. Quanto melhor o participante for capaz de permanecer no estado de espírito em que se encontra quando está em uma situação específica, mais precisa será sua avaliação.

Como você usa a avaliação DISC? Quais são suas aplicações?

As avaliações de personalidade DISC medem os traços de personalidade e o comportamento previsível de uma pessoa. Elas podem nos apresentar informações valiosas sobre como uma pessoa pensa, sente, o que a motiva e o que a distrai. Também nos falam sobre como as pessoas se relacionam com sistemas, como abordam conflitos, como se relacionam com as pessoas e como elas respondem a diferentes ambientes. Esta informação tem aplicações quase ilimitadas, mas é mais comumente usada para os seguintes propósitos:

  • Contratação (como uma triagem pré-contratação )
  • Alocação de funcionários e voluntários
  • Consolidação de equipe
  • Resolução de conflitos
  • Gerenciamento de estresse
  • Desenvolvimento pessoal
  • Treinamento de vendas
  • Treinamento de liderança e gerenciamento
  • Posicionamento de carreira